Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


 

"A história ardilosa e meticulosamente montada pelo homem"

 

 

«As populações não têm culpa de terem sido mal preparadas, mal informadas, de não terem sido esclarecidas ao nível da fé»

Padre Mário Oliveira

 

 

Banco do Vaticano suspeito de lavagem de dinheiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:56


Envelhecer com dignidade

por pauloconde, em 09.12.09

 

Actualmente a viver à deriva num pântano económico, social e político, este país assiste impávido a uma subversão de valores sem precedentes, onde quem trabalhou uma vida inteira é cada vez mais ignorado e lesado nos seus direitos. Menos reforma, menos segurança e menos respeito. Será que é justo roubar-se o direito à velhice a quem, há muitos anos, a pobreza roubou o direito à juventude?

 

 

Paulo Conde - Correio da Manhã; Jornal-i; 24Horas - 2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:47


Colapso democrático

por pauloconde, em 02.12.09

 

Perante o colapso do sistema democrático nós somos um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas. É Guerra Junqueiro mais actual que nunca.

 

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:50


Uma democracia em colapso(2)

por pauloconde, em 30.11.09

Por razóes dúbias o Jornal-i publicou apenas um excerto deste artigo.

 

-----------------------------------------------------------------------------------------

 

É o descalabro! Um país inteiro em colapso moral e social. Um verdadeiro “patricídio”! Esta pátria oitocentista vandalizada e escarnecida, sem o mínimo remorso ou pena, sem um laivo de respeito, à memória dos que a edificaram em busca de um sonho e de uma identidade própria.
Já dizia Alexis Carrel “São sobretudo a fraqueza intelectual e moral dos governantes e a sua ignorância que põe em perigo a nossa civilização”. E ainda ele não sabia, que esses ignorantes mas não ingénuos, seriam capazes de corromper e esbanjar o erário público, legislar a favor de criminosos e delinquentes, provocar a degradação social e moral, com tudo sempre bem orquestrado por uma horda de bandoleiros para que o marketing falacioso e torpe funcione e transpareça a boa fé sempre em prol dos interesses da pátria.
São promiscuidades e conluios politico/económicos a mais para uma democracia encurralada, podre e sem cura possível.

  

Paulo Conde - Jornal i 2009

 

( ver também em http://tirocerto.blogs.sapo.pt/20943.html )

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03


O livro dos horrores

por pauloconde, em 11.11.09

 

Não é preciso ser sacerdote, vigário, prelado ou prémio Nobel para entender perfeitamente o que está escrito na bíblia sagrada da Igreja Católica Apostólica Romana. Basta ler o manual do principio ao fim, para perceber que é a história ardilosa e meticulosamente montada pelo homem ao longo de séculos, de um Deus terrorista, vingativo e medonho, para manter os povos amedrontados e assim dominá-los social e moralmente ( Cruzadas, Inquisição, 2ªGuerra Mundial, Ruanda, Pedofilia, etc...) Aliás, as palavras morte, holocausto e guerra são das mais utilizadas provocando um incentivo à violência e ao sacrifício de vidas por um Deus ("E o Senhor ordenou: destruam totalmente, ao fio da espada, desde o homem até á mulher, desde o menino até ao velho..."). Talvez por isso na catequese apenas sejam mandadas ler, partes do novo testamento, esse pequeno apêndice que a Igreja adoptou depois de ter crucificado Cristo, só porque ele morto fisicamente se tornou mais poderoso do que vivo.
Cristo disse aos Fariseus, Vigários e Prelados: "Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos do vosso pai: ele foi homicida desde o principio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira." E por isto  Cristo foi crucificado.
A Igreja Católica é promiscua e contraditória tendo construído o seu reino à custa do analfabetismo e iliteracia. Para recrutar novos seguidores utiliza o novo testamento e para manter a sua influência e ostentação escuda-se no velho testamento. É por isso que o pobre ajuda o pobre e o Vaticano é materialmente cada vez mais rico.
Católico ou Cristão? Eis a questão!

 

 Paulo Conde - Revista Sábado - 2009

 

Cesare Battisti - mártir e terrorista segurando o seu manual

 

pt.wikipedia.org/wiki/Cr%C3%ADticas_%C3%A0_Igreja_Cat%C3%B3lica

 

«As populações não têm culpa de terem sido mal preparadas, mal informadas, de não terem sido esclarecidas ao nível da fé», disse à Lusa o padre, defendendo que Fátima é «o expoente máximo da alienação e da idolatria».

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:25


Repensar o baptismo

por pauloconde, em 05.11.09

 

Com toda a polémica que se tem gerado em torno da biblia, talvez fosse de bom tom, para evitar hipócrisias que todos os baptizados pela igreja católica que não praticam o catolicismo e até o criticam, anulassem o seu baptismo (apostasia). Eu há muito que o fiz e confesso me sentir mais elevado na fé cristã e livre de consciência e espirito.

 

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16


Apostasia formal da fé católica

por pauloconde, em 21.10.09

 

Decidi partilhar o meu acto de anulação de baptismo* (Apostasia) da igreja católica, com o intuito de informar e auxiliar todos os que são baptizados por esta igreja, crentes ou não, mas que actualmente por diversos motivos não se revêem na sua doutrina e querem deixar de constar nas estatisticas. No meu caso foi simples e pouco burocrático, primeiro pesquisei num motor de busca da internet a palavra "apostasia" que me deu vários links, entre eles o endereço de um portal que continha toda a informação incluindo uma carta tipo.
Segui as instruções e alterei os dados pessoais, imprimi a carta e endossei-a á diocese da igreja onde fui baptizado, juntamente com cópia do bilhete de identidade e uma certidão de baptismo.
Aguardei resposta a confirmar a procedência e averbamento do pedido de apostasia e fiquei mais elevado na fé cristã e tranquilo de consciência e espirito.

*pedido em 03 de Setembro de 2009

 

 


 

Link para a carta tipo:

http://www.portalateu.com/2009/05/24/o-meu-pedido-de-apostasia/

 

"Deferimento do pedido de Apostasia"

 

 

Paulo Conde - Jornal i; 24Horas; SamoraOnLine - 2009

 

 

(por razões dúbias este artigo não foi publicado pelo Jornal Diário de Noticias)

 

 

 Tema de debate na SIC - Boa Tarde

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:39


Futilidades e eleições legislativas

por pauloconde, em 21.09.09

 

Desta vez estou ainda mais indeciso quanto ao meu sentido de voto nas eleições legislativas que se avizinham. Estou ainda a esmiuçar o folheto do TGV e o luso-britânico caso Freeport, talvez tenha que estar mais atento às escutas dos gabinetes ou assistir mais vezes ao jornal de sexta.
É que ainda por cima o caso BPN e o computador sem concurso público está-me a deixar mais confuso e os candidatos também não ajudam, porque ao invés de elucidarem os eleitores sobre estas futilidades de primeira necessidade, andam a perder tempo a falar de desemprego, justiça, segurança e educação, estas sim, futilidades sem qualquer interesse, que já não preocupam ninguém agora que a crise acabou e também não há quem acredite que ainda exista uma alma-politica que fale verdade sem asfixiar ninguém.
A minha esperança é que até ao dia 27 apareça mais um partido politico ou mais uma futilidade para desempatar!

 


Paulo Conde - Diário de Noticias - 2009

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:37


Uma democracia em colapso

por pauloconde, em 01.09.09

 

É o descalabro! Um país inteiro em colapso moral e social. Um verdadeiro “patricídio”! Esta pátria oitocentista vandalizada e escarnecida, sem o mínimo remorso ou pena, sem um laivo de respeito, à memória dos que a edificaram em busca de um sonho e de uma identidade própria.
Já dizia Alexis Carrel “São sobretudo a fraqueza intelectual e moral dos governantes e a sua ignorância que põe em perigo a nossa civilização”. E ainda ele não sabia, que esses ignorantes mas não ingénuos, seriam capazes de corromper e esbanjar o erário público, legislar a favor de criminosos e delinquentes, provocar a degradação social e moral, com tudo sempre bem orquestrado por uma horda de bandoleiros para que o marketing falacioso e torpe funcione e transpareça a boa fé sempre em prol dos interesses da pátria.
São promiscuidades e conluios politico/económicos a mais para uma democracia encurralada, podre e sem cura possível.

 

 

Paulo Conde - Diário de Noticias - 2009

 

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:01


Cheque-dentista a quanto obrigas!

por pauloconde, em 07.08.09

 

Ao ler publicidade referente ao "cheque dentista" para idosos, deparei-me com uma cláusula onde consta que o dito se destina unicamente a reformados que recebam o "complemento solidário para idosos". Fui então consultar as regras de atribuição do referido complemento ao site da Segurança Social onde leio o seguinte: «Apresentar declarações e afins de todos os rendimentos, informações bancárias do próprio idoso, de quem coabite com ele e dos filhos, mesmo que com ele não coabitem», ou seja, tudo bem arquitectado para que seja uma minoria a ter acesso ao cheque. O melhor é começarmos todos a descontar o IRS e a TSU para os nossos filhos em vez de ir para o Estado, já que serão os nossos descendentes a sustentarem-nos na reforma. Não há dúvida, o actual governo é uma máquina de marketing falaciosa, bem oleada e sem escrúpulos.

 

 

Paulo Conde - Diário de Noticias - 2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:48


Pobretes mas alegretes

por pauloconde, em 02.07.09

 

A fim de atestar a veracidade da conclusão de um estudo recentemente divulgado sobre a pobreza em Portugal no qual metade dos lusitanos são pobres e felizes e solucionar esta e outras crises, sugiro que se ponha em prática a máxima de um visionário poeta: P'ra se pôr fim aos engodos/Das falsas sabedorias/Bastava que os ricos todos/Fossem pobres oito dias.

 

 

Paulo Conde - Correio da Manhã; 24Horas - 2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31


Censura

por pauloconde, em 26.06.09

 

Quando muitos afirmam que a censura existente no Estado Novo terminou há 35 anos, estão de certa forma a censurar a verdade. Ao invés, o que cada vez mais se comprova é que a tão temível e poderosa censura, apenas se mascarou, mudou de estilo, reforçou-se com sonegações históricas e cá continua entre nós mais discreta e cirúrgica. Analisemos então um flagrante exemplo que é disso bem ilustrativo e esclarecedor.
No dia 27 de Abril de 1953 foi inaugurado o edifício do Hospital de Santa Maria e colocada na sua entrada uma placa com a seguinte inscrição: "Este edifício destinado á faculdade de medicina e ao hospital escolar de Lisboa foi solenemente inaugurado pelo Presidente da República general Francisco Higino Craveiro Lopes em 27 de Abril de 1953 vigésimo quinto aniversário da entrada do doutor António de Oliveira Salazar para o governo da Nação".
Hoje, passados 35 anos de ter sido vandalizada em 1974 e com a conivência de muitos, apenas conseguimos ler o seguinte: "Este edifício destinado á faculdade de medicina e ao hospital escolar de Lisboa foi solenemente inaugurado".
Afinal quem disse que a censura terminou?

 

 

Paulo Conde - Diário de Noticias, Revista Sábado - 2009

 

 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:17


Reformados

por pauloconde, em 16.06.09

Há dias o Prof. Marcelo Rebelo de Sousa pôs o dedo na ferida, quando num dos seus comentários abordou um assunto que muitos conhecem mas poucos falam, refiro-me concretamente aos cidadãos reformados que continuam a trabalhar, não só nos célebres "biscates" mas cada vez mais a tempo inteiro, com a especial agravante de que na sua maioria são cidadãos com valor de reformas acima do salário minimo nacional e nalguns casos várias vezes esse valor. Ao invés, poucos são os reformados verdadeiramente necessitados com reformas miseráveis que se vêem bafejados por este aproveitamento de algumas entidades patronais, que utilizam este expediente para passarem ao lado de obrigações fiscais e sociais. As autoridades competentes já frisaram que vão reforçar a vigilância nesta área e será justo e crucial que o façam, pois nos tempos que correm de profunda crise e desemprego galopante, o trabalho não pode nem deve servir como "hobbie" para uns e "offshore" para outros, mas sim como primeira e vital necessidade de quem tem que sobreviver e alimentar os filhos.

 

 

Paulo Conde - Diário de Noticias - 2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:43


Votar é uma chatice

por pauloconde, em 11.06.09

 

Há umas décadas atrás o acto de votar era proibido e como tal todos os cidadãos ansiavam por conquistar esse direito ou seja, participar activamente nas escolhas da nação.
Acontece que, de alguns anos a esta parte, há cidadãos que confundem democracia com anarquia e vão para todo o lado menos para uma mesa de voto, alheando-se do dever de participar nos actos eleitorais, porque votar é uma chatice, não está na moda nem bronzeia.
Porém, no dia em que perante este cenário, decidirem alterar a legislação e tornar o acto de votar proibido ou obrigatório, os que não votam serão os primeiros a protestar e a reclamar direitos!

 

 

Paulo Conde - Correio da Manhã; Diário de Noticias; 24Horas; Jornal-i; Jornal Sol - 2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:28


Show de Marketing

por pauloconde, em 04.06.09

 

O show de marketing deste governo, muito sucintamente porque o espaço é caro, passa pelas "Novas Oportunidades", onde qualquer cidadão pode aprender em apenas um mês o que outros nos anos lectivos demoram um ano, ou seja é a educação á pressão simbolizada por um mediocre canudo entregue com beijinhos e abraços na pessoa do Sr. Primeiro Ministro.
Depois temos o "magalhães", que segundo a União Europeia está ilegal, deu prejuizo ao Estado (contribuintes) e é lesivo para a visão das crianças, em suma, para quem pagou 50 euros é caro!
Finalmente, organizam-se excursões para reformados, onde para além do passeio e das habituais apresentações de produtos ainda têm tido direito a uma surpresa, um comicio de ultima geração completamente grátis.
Isto é só um pequeno "trailer" do show de marketing deste governo!

 

 

Paulo Conde - Diário de Noticias; 24Horas - 2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:35


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2002
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2001
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
  248. 2000
  249. J
  250. F
  251. M
  252. A
  253. M
  254. J
  255. J
  256. A
  257. S
  258. O
  259. N
  260. D
  261. 1999
  262. J
  263. F
  264. M
  265. A
  266. M
  267. J
  268. J
  269. A
  270. S
  271. O
  272. N
  273. D
  274. 1998
  275. J
  276. F
  277. M
  278. A
  279. M
  280. J
  281. J
  282. A
  283. S
  284. O
  285. N
  286. D
  287. 1997
  288. J
  289. F
  290. M
  291. A
  292. M
  293. J
  294. J
  295. A
  296. S
  297. O
  298. N
  299. D
  300. 1996
  301. J
  302. F
  303. M
  304. A
  305. M
  306. J
  307. J
  308. A
  309. S
  310. O
  311. N
  312. D