Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



É urgente alterar a Constituição

por pauloconde, em 30.10.12

Tiro.JPG

  

A Constituição da República Portuguesa está obsoleta em muitos aspectos, o que atrofia a sua génese. Fundada para a realidade de um país com fronteiras, alfândegas e fazedor do seu próprio dinheiro, necessita agora de ser adequada a um novo paradigma sem prejuízo dos direitos, liberdades e garantias dos cidadãos numa nação que se quer próspera, democrática e livre!

 

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:10


Austeridade ou bancarrota

por pauloconde, em 23.10.12

Tiro.JPG

 

Portugal assiste a um circo degradante protagonizado por alguns ex-governantes. Os mesmos que ajudaram a cavar o buraco onde o ex-primeiro-ministro Sócrates nos haveria de enterrar, andam por aí que nem loucos a vociferar iniquidades. A mais irresponsável é a de que existe alternativa à austeridade. É verdade seus hipócritas, existe alternativa e chama-se bancarrota!

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:39


Manifestações e tiros no pé

por pauloconde, em 27.09.12

Tiro.JPG

 

No auge de uma grave crise todas as manifestações funcionam como um tiro no pé, já que geram instabilidade e contribuem para afugentar potenciais investidores estrangeiros de criarem empregos no nosso país. Mas já que alguns portugueses estão em maré de desfiles, que tal organizarem alguns contra os sindicatos e as greves que tanto têm contribuido para afundar o país!

 


Paulo Conde - Correio da Manhã - 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:57


Farmácias de luto

por pauloconde, em 26.09.12

Tiro.JPG

 

As farmácias estão de luto por causa da crise. É legitimo e fica-lhes bem esse sentimento. Talvez uma manifestação ou uma vigilia também lhes assentasse que nem uma luva. Mas no entanto, talvez por mera distracção minha, não me recordo de os ver de luto quando andaram anos a fio a encher os bolsos com lucros principescos à custa dos contribuintes.

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:46


Austeridade e gritos histéricos

por pauloconde, em 15.09.12

Tiro.JPG

  

Perante o anúncio do Governo de mais medidas de austeridade, ouviram-se logo gritos histéricos de indignação, com a curiosa particularidade dos gemidos mais estridentes terem vindo dos demagogos e irresponsáveis que andaram em décadas de governação a enterrar o país num pântano sem fim, ou ainda de familias que se atolaram em créditos e em dívidas sem qualquer sentido de responsabilidade. Por causa destes e de outros desvarios o país anda de mão estendida com a soberania hipotecada porque para sobreviver tem que cumprir o que assinou com os credores. É urgente corrigir com determinação todos os desequilibrios estruturais enraizados há décadas e colocar um ponto final no laxismo e regabofe, sob pena de qualquer dia nem esmola nos darem. Um país, seja ele qual for, não se pode dar ao luxo de viver infinitamente acima dos seus rendimentos ou da sua produtividade. Só é de lamentar os inevitáveis danos colaterais da austeridade e que nos sacríficios impostos pela factura da crise pague tambem o justo pelo pecador.

 

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2012

 

(Artigo censurado pelo Diário de Noticias)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:26


A parcialidade do Constitucional

por pauloconde, em 10.07.12

 

  

Os juízes do TC talvez tenham olhado em demasia para o seu umbigo ao decretarem que os cortes de subsídios apenas no sector público são inconstitucionais. Onde tem andado o Tribunal Constitucional ao permitir que se concedam inúmeras regalias ao sector público que nunca se aplicaram no sector privado violando o principio da equidade?

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2012

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:51


Greve Geral e País de mão estendida

por pauloconde, em 21.03.12

Tiro.JPG

  

Está aí mais uma greve geral. Os comités do costume, reúnem os comparsas e exortam as massas a participarem em mais um grande dia folgazão de absentismo. É mesmo disto que um país de mão estendida precisa neste momento. Não é com mais greves e feriados que se gera riqueza e se criam postos de trabalho em Portugal.

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2012

 

(Artigo censurado pelo Diário de Noticias)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:25


Malfeitorias de Sócrates

por pauloconde, em 12.03.12

Tiro.JPG

  

Os irresponsáveis lacaios do nosso ex-primeiro ministro vociferaram de indignação, perante as verdades que Cavaco Silva proferiu acerca do engenheiro relativo. Foram verdades que só pecaram por escassas. É imperativo que o país não esqueça quem o enterrou de pedra e cal, porque os portugueses vão continuar a pagar com língua de palmo as suas malfeitorias.

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2012

 

(Artigo censurado pelo Diário de Noticias)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:29


Promiscuidade e Poder Local

por pauloconde, em 03.03.12

Tiro.JPG

  

Esbulho, calotes e caciques, eis a tenebrosa teia de interesses que há muito vegeta numa grossa fatia do nosso Poder Local. Esse suculento bolo pejado de desvios, derrapagens e obras de fachada para gáudio de compadrios e captação de eleitorado, tem custado aos portugueses os olhos da cara. Já é tempo da justiça actuar a sério e punir os responsáveis.

 

 

Paulo Conde - Correio da Manhã e Diário de Noticias - 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:35


A farsa do Acordo Ortográfico

por pauloconde, em 27.02.12

Tiro.JPG

  

Não é preciso ser um diplomado para atestar as incongruências e os disparates, introduzidos na nossa ortografia pelo pseudo-acordo ortográfico. Basta um singelo exemplo para desmontar a ignóbil farsa que nos querem impôr. Se a palavra 'pára' deixa de ter acento, adivinhem qual o sentido desta frase: - Tudo para quando nós quisermos!

 

Paulo Conde - Correio da Manhã e Diário de Noticias - 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:15


Ditaduras carnavalescas

por pauloconde, em 10.02.12

Tiro.JPG

  

Em algumas terras, deste país cada vez mais mal frequentado, pretende-se impor a compra de bilhete, aos cidadãos que no próximo dia 21 (dia útil), precisem de livre e democráticamente se dirigirem aos serviços públicos ou privados, que estejam a funcionar e fiquem situados em locais onde irão decorrer as palhaçadas de Carnaval. Quem quiser trabalhar, terá de pagar, mesmo que não queira participar no regabofe ou assistir aos desfiles pindéricos. Dava para rir se o país não andasse de cócoras a pedir esmola para pagar salários e pensões. 

 

Paulo Conde - Correio da Manhã e Diário de Noticias - 2012

 

---

 

«O juiz Guilherme Fonseca defende que uma providência cautelar é a melhor forma de contrariar a imposição de pagamento de bilhete para aceder aos serviços localizados nas ruas do corso de Carnaval, em Torres Vedras.»
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=557940

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:20


Regabofe no Carnaval

por pauloconde, em 07.02.12

Tiro.JPG

 

Algum do sindicalismo parasita que há muito vegeta por esta pátria lusitana veio a terreiro, mostrar a sua indignação, pelo fim das tolerâncias de ponto no carnaval. Ainda não perceberam que o tempo do regabofe e das palhaçadas terminou. Chegou a hora de tirar Portugal da situação de bancarrota que alguns desses parasitas ajudaram a criar.

 

Paulo Conde - Correio da Manhã e Diário de Noticias - 2012

 

---

Dirigentes sindicais custam 9 milhões

 

 

«Há maquinistas que ganham 50 mil euros»

 

 

«Greves na CP provocaram prejuízo de oito milhões de euros»

 

 

 Onda de greves sistemáticas tornará país mais pobre

 

 

etc, etc, etc...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:22


Cimeiras Europeias

por pauloconde, em 04.02.12

Tiro.JPG

 

Já são quinze, as cimeiras europeias realizadas em menos de dois anos. Têm servido, mais para salvar a pele de alguns políticos, do que propriamente a moeda única. Quanto mais se mexem no pântano, mais se afundam. A salvação do euro está no seu desaparecimento. O regabofe contínua e as cimeiras são como massagens cardiacas num cadáver em putrefacção! 

 

Paulo Conde - Correio da Manhã e Diário de Noticias - 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:07


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Abril 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2003
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2002
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
  248. 2001
  249. J
  250. F
  251. M
  252. A
  253. M
  254. J
  255. J
  256. A
  257. S
  258. O
  259. N
  260. D
  261. 2000
  262. J
  263. F
  264. M
  265. A
  266. M
  267. J
  268. J
  269. A
  270. S
  271. O
  272. N
  273. D
  274. 1999
  275. J
  276. F
  277. M
  278. A
  279. M
  280. J
  281. J
  282. A
  283. S
  284. O
  285. N
  286. D
  287. 1998
  288. J
  289. F
  290. M
  291. A
  292. M
  293. J
  294. J
  295. A
  296. S
  297. O
  298. N
  299. D
  300. 1997
  301. J
  302. F
  303. M
  304. A
  305. M
  306. J
  307. J
  308. A
  309. S
  310. O
  311. N
  312. D
  313. 1996
  314. J
  315. F
  316. M
  317. A
  318. M
  319. J
  320. J
  321. A
  322. S
  323. O
  324. N
  325. D