Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O presidente vai nú

por pauloconde, em 11.07.13

Tiro.JPG

 


A pseudo solução governativa apresentada pelo presidente Cavaco Silva só veio acrescentar confusão e incerteza à já frágil e periclitante situação de crise em que Portugal está mergulhado. Até posso tentar compreender que Cavaco tenha aproveitado o ensejo para se vingar do Portas e tentar encostar o Seguro à parede, mas se existe uma solução maioritária para governar, com o aval dos nossos credores, qual o motivo porque se vai chamar o partido responsável pela última bancarrota (e outras) para uma solução governativa quando há muito deveria ter sido chamado à justiça pelos seus actos criminosos. Temo que a estabilidade e o propagandeado interesse nacional tenha sofrido mais um forte revés e que o presidente tenha apenas acrescentado crise à crise. Se eleições antecipadas nesta fase seriam um suícidio colectivo, a solução apresentada pelo chefe da nação é uma fisgada no escuro, de consequências imprevisiveis. Veremos se a troika, que actualmente é quem paga o salário a Cavaco Silva, lhe vai continuar a mandar o cheque todos os meses sem mais contra partidas.

 


Paulo Conde - tirocerto.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 00:40


Professores prejudicam alunos

por pauloconde, em 11.06.13

Tiro.JPG

 

 


As abusivas greves anunciadas pelos sindicatos dos professores por forma a coincidirem com os exames dos estudantes vem provar que alguns professores estão a mais na profissão. É uma brutal traição aos alunos com dolo e sofisma, utilizando-os como escudos somente para manterem intactas as suas regalias quando o país reclama equidade nos sacrifícios.

Paulo Conde -  SIC Noticias - 2013

 

 

Artigo censurado pelo Correio da Manhã

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:19


Quanto ganham os sindicatos?

por pauloconde, em 29.05.13

Tiro.JPG

 

 

Uma recente reportagem no canal público de televisão sobre os sindicatos, trouxe à tona o pouco transparente e gigantesco mundo sindical e conseguiu descortinar que pelo menos 6,5 milhões de euros são entregues pelo Estado todos os anos às centrais sindicais. Concluí-se portanto, que em Portugal a despesa parasitária contínua a não ser combatida.

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2013

 

«««««««««««««««««««««««««
Quem financia os sindicatos?
Esta semana, o Sexta às 9 revela que ninguém fiscaliza as listas de associados que permitem aos sindicatos ter dirigentes pagos a tempo inteiro pelo Estado.

https://www.youtube.com/watch?v=6V-dQ0K3cq4

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:04


Soares apela à violência

por pauloconde, em 19.04.13

Tiro.JPG

 

 

Com uma linguagem arruaceira Mário Soares veio recentemente a público apelar à violência gratuita contra um chefe de estado, utilizando para o efeito uma criminosa expressão: - Por muito menos que isto foi D. Carlos morto! O patriarca do pântano em que vivemos está-se a tornar num triste e degradante espectáculo sem uma réstea de dignidade democrática.

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:35


Reformas dos juízes

por pauloconde, em 12.04.13

Tiro.JPG

 

Será possível que os juízes do Tribunal Constitucional, os que decidem sobre questões de equidade, se podem reformar com apenas 10 anos de serviço? A ser verdade, eu não lhe chamaria regime especial mas sim uma pouca vergonha e uma afronta ao artigo 13º da Constituição e a todos os portugueses que trabalham anos a fio na esperança vã de um dia receberem uma simbólica reforma.

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:48


Criminoso volta ao local do crime

por pauloconde, em 29.03.13

Tiro.JPG

  

O nosso ex-primeiro ministro de má memória para os portugueses por ter conduzido deliberadamente o país à bancarrota, regressa agora a terras lusas para gozar com o pagode em horário nobre da RTP e após se ter pavoneado faustosamente em Paris. É caso para dizer que até na política se aplica o velho ditado: o criminoso volta sempre ao local do crime.

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:33


Justa repartição de sacrifícios

por pauloconde, em 27.03.13

 

Tiro.JPG

 

No auge de uma necessária mas penosa austeridade em que o país está mergulhado, os portugueses, preocupados com a justa repartição de sacrifícios, interrogam-se. Por que estipula a lei um periodo semanal de trabalho de quarenta horas para o sector privado e de apenas trinta e cinco para o sector público? Onde está a equidade que tantos apregoam?

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:35


Romarias ao Constitucional

por pauloconde, em 09.01.13

 

Começaram as romarias ao Tribunal Constitucional, mas os que mais contestam são os que mais têm. Uns porque não querem que se toque nas regalias por uns fugazes anos de trabalho, outros por diversão e alguns por demagogia. Mas todos conscientes que para cumprir a maior parte do está na Constituição é preciso dinheiro, que não há!

 

Paulo Conde - Correio da Manhã - 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:03


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Março 2020

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2003
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2002
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
  248. 2001
  249. J
  250. F
  251. M
  252. A
  253. M
  254. J
  255. J
  256. A
  257. S
  258. O
  259. N
  260. D
  261. 2000
  262. J
  263. F
  264. M
  265. A
  266. M
  267. J
  268. J
  269. A
  270. S
  271. O
  272. N
  273. D
  274. 1999
  275. J
  276. F
  277. M
  278. A
  279. M
  280. J
  281. J
  282. A
  283. S
  284. O
  285. N
  286. D
  287. 1998
  288. J
  289. F
  290. M
  291. A
  292. M
  293. J
  294. J
  295. A
  296. S
  297. O
  298. N
  299. D
  300. 1997
  301. J
  302. F
  303. M
  304. A
  305. M
  306. J
  307. J
  308. A
  309. S
  310. O
  311. N
  312. D
  313. 1996
  314. J
  315. F
  316. M
  317. A
  318. M
  319. J
  320. J
  321. A
  322. S
  323. O
  324. N
  325. D